Skip to content

Solicite a Mudança de Título Eleitoral hoje mesmo!





A mudança de título eleitoral, ou seja, trocar seu local de votação, só pode ocorrer, até cinco meses antes da data efetiva de qualquer eleição. Portanto, no ano em que ocorrem eleições, que é o caso do ano de 2020, essa mudança de endereço só pode ser realizada até 06 de maio de 2020.

Nos períodos em que não exista previsão de eleição, o título pode ser transferido a qualquer hora. Portanto, se você está nesta condição de mudança de endereço, inclusive de município, corra para fazer essa mudança do local de votação, pois 2020 é ano eleitoral, onde teremos eleições para prefeitos e vereadores.  O prazo para transferência é até 6 maio de 2020.




Ao longo deste artigo iremos abordar quais os pré-requisitos para fazer a transferência de título eleitoral para outro estado, bem como abrir detalhadamente os tópicos a seguir:

Por que fazer a Mudança de Título de Eleitoral?

mudança de titulo eleitoral
Solicite a Mudança de Título Eleitoral Hoje Mesmo!

A mudança de título eleitoral ocorre quando o cidadão eleitor mudou de cidade nos últimos meses e pretende exercer seu direito constitucional, que é votar no novo local de moradia. Para que ele possa votar no seu novo domicílio eleitoral, ele precisa fazer a transferência do título de eleitor.

Portanto, ele deve comparecer ao cartório eleitoral mais próximo de sua nova residência, levando os documentos a seguir e preenchendo os seguintes pré-requisitos:

  • Um documento original válido com foto;
  • O título de eleitor ou o e-Título (se o tiver);
  • Um comprovante de residência do novo endereço em nome do eleitor, emitido até três meses da data em que ele esteja realizando o atendimento;
  • O eleitor precisa residir a partir de três meses no novo município;
  • O eleitor não pode ter pendencias junto a justiça eleitoral;
  • O eleitor não pode ter condenação criminal cuja pena não tenha sido cumprida na sua integralidade;
  • O eleitor não pode ter condenação de origem de improbidade administrativa e com tenha seus direitos políticos suspensos;
  • E Por último, deve haver um intervalo de no mínimo um ano, do seu alistamento militar ou da solicitação da última transferência do título;





Só está isento do cumprimento desta carência de um ano do alistamento militar ou da última transferência de título, o eleitor servidor público civil, militar, ou dependentes legais, que por qualquer motivo, seja obrigado a mudar de município.

A mudança de título eleitoral deve ser realizada através de um agendamento para transferir título de eleitor no cartório eleitoral mais próximo, pois assim, você evita a perda de tempo com filas.

É preciso agendar a Mudança de Título de Eleitoral?

A mudança de título eleitoral pode e deve ser agendada num cartório eleitoral mais próximo de você. Se usarmos o T.R.E. do estado da Bahia, como exemplo, devemos acessar o endereço eletrônico a seguir, https://agendamento.tre-ba.jus.br/agendamento/publico/registrarAgendamentoEleitor.do, preencher os dados e marcar dia e hora .




O atendimento deve ser agendado para o município em que você quer passar a votar. Caso o futuro município de votação, não estiver disponível, ligue para a Central de Atendimento através do número 0800 071 6505. Ao finalizar o agendamento, é emitido um comprovante constando a documentação necessária, endereço do cartório com os dados de dia e hora marcados.

Se você cadastrar seu e-mail e número de telefone no formulário de agendamento, você recebe SMS lhe lembrando o compromisso, bem como uma mensagem através do e-mail.

Os documentos para transferência de título eleitoral, são:

  • Documento oficial de identificação válido com foto;
  • Comprovante de residência recente;
  • Título de Eleitor, se houver;
  • CPF – Cadastro de Pessoa Física, se houver;
  • Documento que comprove alteração de dados pessoais, como certidão de Casamento;
  • Lembramos que a CNH – carteira nacional de habilitação e o passaporte não podem ser usados como documento de identificação para a emissão do primeiro título, pois não contém dados de nacionalidade ou naturalidade e nem dados de filiação.

A transferência é paga ou gratuita?

Para que ocorra a mudança de título eleitoral de um município para outro é necessário que você se dirija a um cartório eleitoral, munido de documento oficial com foto e comprovante de residência atual. Essa transferência de localidade é gratuita, sem nenhum custo para você.



Portanto, o que precisa para transferência de título eleitoral de um município para outro, além da documentação elencada no item anterior, é você não ter nenhum tipo de pendência junto a justiça eleitoral.

titulo eleitoral

Fazer a Mudança de Título Online, é possível?

A mudança de título eleitoral só pode ser realizada presencialmente em um cartório eleitoral da cidade onde você pretende votar. Portanto, a transferência de título eleitoral para outra cidade, não pode ser online. Você precisa se dirigir a um cartório munido dos seguintes documentos:

  • Documento oficial de identificação válido com foto;
  • Comprovante de residência recente;
  • Título de Eleitor, se houver;
  • CPF – Cadastro de Pessoa Física, se houver;

Este atendimento pode ser previamente agendado com dia e hora marcados, sem que haja a necessidade de você perder tempo com filas e recursos com idas e vindas desnecessárias.

Como transferir meu Título para o exterior?

Se o eleitor brasileiro se mudou para o exterior, ele deve pedir a transferência do título eleitoral para a embaixada ou consulado brasileiro, do local do novo endereço em que irá residir. Esses pedidos de transferência para o exterior são designados para uma Zona eleitoral chamada ZZ, que fica sediada em Brasília.

Portanto, se você mesmo fora do país, quer exercer seu direito de cidadão e votar, fazer a transferência de título eleitoral para o exterior, é bem simples e sem burocracia. Basta se dirigir ao órgão designado no exterior e fazer a mudança.

Uma vez transferido o título para a zona ZZ, você poderá votar nas próximas eleições nas embaixadas e consulados, somente para os cargos de presidente e vice-presidente da república.

Espero que este artigo o tenha ajudado a entender melhor o que é preciso fazer para transferir seu título de eleitor de um município para outro. Não perca Tempo! Entre agora na nossa página  e aproveite o conteúdo de nosso blog Cartório Eleitoral e veja outros artigos.